6 abr. 2011

César Cantoni - Argentina

AQUÍ NO HAY DIOS


Aquí no hay dios, ni griego ni romano,
que presida ninguna ceremonia.
No hay oro ni laurel para los vencedores.

Aquí no hay más que un piquete de obreros,
con martillos neumáticos, rompiendo la calzada,
haciendo un pozo que no será nunca

el ombligo del mundo, la fuente de las revelaciones.
Un pozo más hondo que el sentimiento de los dioses,
más negro que el propio corazón humano.



AQUI NÃO HÁ DEUS


Aqui não há deus, nem grego nem romano,
Que presida nenhuma cerimônia.
Não há ouro nem prêmio para os vencedores.

Aqui não há mais que um piquete de trabalhadores,
com martelos pneumáticos, quebrando a estrada,
fazendo um poço que não será nunca

o umbigo do mundo, a fonte das revelações.
Um poço mais fundo que o sentimento dos deuses,
Mais negro que o próprio coração humano.


Traducción: Ronaldo Cagiano

No hay comentarios:

Publicar un comentario